Home

jazzhome

A música jazz americana e música brasileira são célebres no mundo todo por sua grande beleza e complexidade, mas especialmente pelo poder de comunicação e expressão da mesma ideia em muitas maneiras diferentes. Para entender um pouco mais deste mundo e dessa linguagem musical, há vários aspectos envolvidos a modo de construir uma sólida base para o vocalista que está seguindo neste caminho.

Por esta razão, esse curso foi desenvolvido por Helô Tenório(RJ-Brasil) e Francesco Centarri(Sicilia-Italia), para fornecer aos vocalistas ferramentas necessárias para construir confiança, aprendizado e uma nova possibilidade para o desenvolvimento de uma identidade vocal dentro deste segmento.

Este curso está organizado nos seguintes tópicos:

  • Grooves e Estilos

Identificação das células rítmicas que definem diferentes grooves e como entender diferentes estilos a partir de aspectos dados como harmonia, estética musical, dinâmica, contexto histórico, fraseado e muito mais.

  • Jazz Styles
  • bebop
  • Swing (Fast, Medium, Waltz)
  • Ballad
  • Latin Jazz
  • Brazilian Styles
  • Bossa Nova
  • Samba (samba tradicional, samba partido alto, samba de enredo, samba-funk, samba jazz)
  • Chorinho
  • MPB
  • Vocal improvisation

Análise de improvisações vocais de cantores tais como: (Ella fitzgerald, Sarah Vaughan, Carmen Mcrae, Betty Carter, Bobby Mcferrin, Kurt Elling, Leny Andrade, Elis Regina, Djavan, Maria, Luciana Souza e João Bosco, jogos de desenhos vocais, treinamento da percepção harmônica, passagens cromáticas e “circle singing”.

  • Dicção

É necessáro entender os fonemas cantados das línguas abordadas, a pronúncia e a fisiologia do som produzido durante o ato de cantar. Haverão exercícios desenvolvidos parar essa finalidade dentro de uma canção à escolha.

  • Técnica vocal

Exercícios para uma emissão vocal apropriada, respiração, fisiologia adequada para específico som,coordenação, o uso do microfone, o desenvolvimento de diferentes cores de voz.

  • Repertório

Os alunos terão preparação individual para a execução de uma peça com a aplicação de toda a informação sedimentada durante a clínica, tendo a possibilidade de performar no concerto de encerramento como solista.

  • Vocal ensemble

• Prática que permite os vocalistas a harmonizarem suas vozes em conjunto, trabalho de dinânima coletiva, percepção do ouvido musical e noção de contraponto.